Vaerá (Apareci) – por Ap. Yves Marcel

Leia: Êxodo 6:2-9:35 (Parashá – Porção)

Ezequiel 28:25-29:21 Romanos 9:14-24 (Haftará – Profetas, Escritos e o Novo Testamento)

Nesta porção D-us se revela a Moisés de modo Especial, confirmando que esta maneira de se revelar foi superior ao revelado a Abraão, Isaque e Jacó, confirmando mais uma vez que o Senhor estava realmente com Moisés.

Êxodo 6:3- E eu apareci a 
Abraão, a Isaque, e a Jacó, como o Deus Todo-Poderoso; mas pelo meu nome, o SENHOR, não lhes fui perfeitamente conhecido.  

Acredito que Moisés como humano, não tinha certeza de como o Senhor iria Agir, mas deu um grande passo de Fé, onde D-us começa a confirmar o modo especial que havia de se manifestar em favor de seu Povo, e mostraria sua Glória de Modo único na História, onde ainda hoje depois de cinco mil anos nos maravilha, e serve como testemunho a famílias de Judeus por todo o mundo e a Igreja de Cristo, um D-us que trabalha em Favor daqueles que nele Esperam e fazem parte de sua Aliança, e que nós possamos estar atentos, pois D-us sempre levanta pessoas que nos ajudam, e que passam despercebidos e não entendemos que é D-us quem usa pessoas para nos socorrer nos momentos de aflição e dificuldades.

Êxodo 6:6-7 – Portanto dize aos filhos de Israel: Eu sou o SENHOR, e vos tirarei de debaixo das cargas dos egípcios, e vos livrarei da servidão, e vos resgatarei com braço estendido e com grandes juízos. E eu vos tomarei por meu povo, e serei vosso Deus; e sabereis que eu sou o SENHOR vosso Deus, que vos tiro de debaixo das cargas dos egípcios; E eu vos levarei à terra, acerca da qual levantei minha mão, jurando que a daria a Abraão, a Isaque e a Jacó, e vo-la darei por herança, eu o SENHOR.

D-us sempre honra sua palavra, mesmo Israel não fazendo por onde, o texto deixa claro que o Senhor escolheu amar Israel e por amor aos Patriarcas dar-lhe a terra de Canaã. Como a mídia deveria ouvir essa passagem, pois é uma das grandes promovedoras do Antissemitismo, nos qual nega a terra ao povo de D-us, e como as Igrejas Cristãs que são antissemitas também precisam aceitar essa afirmação do Senhor, tendo em mente que essa afirmação é do Próprio D-us, e quem se colocar contra essa afirmação está em grande Pecado, pois não aceita a soberania e a Eleição de D-us!

Nos versos quatorze ao vinte e sete, há um destaque a Genealogia de Moisés e Arão, Isso é mais uma prova da Escolha de D-us daqueles que levariam sua palavra de libertação e levaria o povo à terra que mana Leite e Mel.

Êxodo 7:3 Eu, porém, endurecerei o coração de Faraó, e multiplicarei na terra do Egito os meus sinais e as minhas maravilhas.

Uma passagem curiosa, pelo menos duas boas explicações: uma seria o fato de faraó ver tantos sinais que o levaria a não aceitar a derrota e ser tomado por uma rebeldia diabólica, a ponto de fechar o coração para não aceitar o pedido de D-us. Outra explicação seria o fato do coração de faraó ser tão mal, que não daria a oportunidade para vê o agir de D-us e arrepender-se de sua maldade, e como consequência, D-us de fato fecha seu coração de vez, como punição por sua Arrogância e Maldade.

Êxodo 7:11-13 E Faraó também chamou os sábios e encantadores; e os magos do Egito fizeram também o mesmo com os seus encantamentos. Porque cada um lançou sua vara, e tornaram-se em serpentes; mas a vara de Arão tragou as varas deles. Porém o coração de Faraó se endureceu, e não os ouviu, como o SENHOR tinha falado.

Um dos primeiros sinais, mas o que nos chama a curiosidade, é o fato de os magos e encantadores realizarem algo semelhante, claro que D-us vence a disputa, mas aqui uma grande lição, não é por que algo sobrenatural aconteça que é sinal vindo de D-us, não podemos dar oportunidade a satanás, pois ele tem usado pessoas a ponto de realizarem coisas impressionantes, que se possível como diz Yeshua, enganaria se possível os próprios escolhidos, mas devemos ficar aqui com o que de fato nos aproxima e confirma a presença de D-us, que sua palavra seja nosso padrão de vida, pois somente assim estaremos seguros.

Um Pouco sobre as sete primeiras pragas:

1ª Praga – Água em Sangue

Êxodo 7:20 – E Moisés e Arão fizeram assim como o SENHOR tinha mandado; e Arão levantou a vara, e feriu as águas que estavam no rio, diante dos olhos de Faraó, e diante dos olhos de seus servos; e todas as águas do rio se tornaram em sangue,

O Rio Nilo era considerado sagrado para os Egípcios, pois fornecia água para toda região, em tão D-us corta a principal fonte: água. Dizem os sábios Judeus que essa atitude de D-us visava promover a sensibilidade, ou seja, dando oportunidade para faraó mudar de Ideia. Aqui D-us também mostrar a fragilidade do Grande Nilo diante do D-us todo poderoso, querendo com isso, que faraó entenda que ele estava lidando com alguém superior a tudo que Ele já tinha se deparado. Aprendemos que quando o líder está em rebeldia e pecando contra D-us, todos que estão debaixo de sua liderança direta ou indiretamente sofrem consequências graves, como diz a tradição judaica, que quando os egípcios iriam beber água com os Hebreus, (que foram os únicos que não sofreram com as águas transformadas em sangue), se tornavam em sangue, por isso nós líderes estejamos sempre em posição de obediência, para nossos filhos, amigos, discípulos não sofrerem por nossos erros e pecados.

2ª Praga – Rãs

Êxodo 8:3 E o rio criará rãs, que subirão e virão à tua casa, e ao teu dormitório, e sobre a tua cama, e as casas dos teus servos, e sobre o teu povo, e aos teus fornos, e às tuas amassadeiras.

Dizem nossos sábios que uma das finalidades das pragas era servir de punição para as maldades cometidas contra os hebreus e Mostrar sua glória aos Egípcios. Nisso aprendemos que todo pecado tem consequências e punições, por isso devemos está vigilantes, pois D-us é Justo. Os comentaristas explicam que uma das causas para essa praga, seria a obrigação dos hebreus em pescar para os Egípcios, confirmando que o Grande Rio Nilo não seria capaz de conter a Praga. Algo curioso que nos chama a atenção é o fato dos magos fazerem algo semelhante na primeira e segunda praga, pois isso nos mostrar como a magia negra e o ocultismo já estavam bem desenvolvidos nesta época, onde hoje na atualidade está bem ativa enlaçando muitas pessoas em suas mentiras, como é caso das religiões ocultistas e espíritas.

3ª Praga – Piolhos

Êxodo 8:16 Disse mais o SENHOR a Moisés: Dize a Arão: Estende a tua vara, e fere o pó da terra, para que se torne em piolhos por toda a terra do Egito. Êxodo 8:18 E os magos fizeram também assim com os seus encantamentos para produzir piolhos, mas não puderam; e havia piolhos nos homens e no gado.

Dizem os comentaristas que Moisés não pronunciou as três primeiras pragas, para demonstrar gratidão, mesmo que não possuam sentimento, ao Nilo e pó, pois do Nilo ele foi tirado e do pó ele teria enterrado os egípcios que tinha assassinado, ou seja, isso nos ensina algo muito interessante, pois não devemos esquecer-nos de ser grato a tudo, até mesmo as coisas inanimadas, veja que não é prestar culto, mas ser cuidadosos com aquilo que nos ajudou e com quem nos ajudou, por exemplo, até hoje guardo a primeira bíblia que recebi de presente, que foi da minha sogra e da minha esposa, tenho um carinho especial por ela. Ouvimos a declaração da inferioridade das regiões o Egito antigo, onde os próprios encantadores e ocultistas percebem que as manifestações pertenciam ao D-us verdadeiro. Um dos Motivos dessa praga seria o fato dos egípcios obrigarem os hebreus caçarem, ficando expostos aos perigos desses animais.

4ª Praga – Moscas

Êxodo 8:24-27 E o SENHOR fez assim; e vieram grandes enxames de moscas à casa de Faraó e às casas dos seus servos, e sobre toda a terra do Egito; a terra foi corrompida destes enxames. Então chamou Faraó a Moisés e a Arão, e disse: Ide, e sacrificai ao vosso Deus nesta terra. E Moisés disse: Não convém que façamos assim, porque sacrificaríamos ao SENHOR nosso Deus a abominação dos egípcios; eis que se sacrificássemos a abominação dos egípcios perante os seus olhos, não nos apedrejariam eles? Deixa-nos ir caminho de três dias ao deserto,

para que sacrifiquemos ao SENHOR nosso Deus, como ele nos disser.

Um provável motivo dessa praga seria como na praga dos piolhos, consumir os animais doentes e gerar doenças nos outros animais, pelo fato dos hebreus serem obrigados a caçar para os egípcios, correndo risco de serem mortos por animais selvagens, onde um desses animais eram os lobos.

5ª Praga – Peste nos Animais

Êxodo 9:3,5,6 Eis que a mão do SENHOR será sobre teu gado, que está no campo, sobre os cavalos, sobre os jumentos, sobre os camelos, sobre os bois, e sobre as ovelhas, com pestilência gravíssima. E o SENHOR assinalou certo tempo, dizendo: Amanhã fará o SENHOR esta coisa na terra.E o SENHOR fez isso no dia seguinte, e todo o gado dos egípcios morreu; porém do gado dos filhos de Israel não morreu nenhum.

Um dos Motivos dessa praga é o fato dos egípcios mandarem os hebreus pastorearem longe de suas famílias, com o objetivo de sapara-los. Aqui sempre vemos a misericórdia de D-us, que anuncia a praga, e os Egípcios teriam tempo para salvar alguns animais, assim diminuir os prejuízos.

6ª Praga – Sarnas e Úlceras

Êxodo 9:9-11 E tornar-se-á em pó miúdo sobre toda a terra do Egito, e se tornará em sarna, que arrebente em úlceras, nos homens e no gado, por toda a terra do Egito. E eles tomaram a cinza do forno, e puseram-se diante de Faraó, e Moisés a espalhou para o céu; e tornou-se em sarna, que arrebentava em úlceras nos homens e no gado; De maneira que os magos não podiam parar diante de Moisés, por causa da sarna; porque havia sarna nos magos, e em todos os egípcios.

Uma punição por forçarem os filhos de Israel a construírem casa de banhos para deleitarem os Egípcios e descansarem em suas mordomias a custa dos Hebreus.

7ª Praga Chuva de Pedras

Êxodo 9:17-21 Tu ainda te exaltas contra o meu povo, para não o deixar ir? Eis que amanhã por este tempo farei chover saraiva mui grave, qual nunca houve no Egito, desde o dia em que foi fundado até agora. Agora, pois, envia, recolhe o teu gado, e tudo o que tens no campo; todo o homem e animal, que for achado no campo, e não for recolhido à casa, a saraiva cairá sobre eles, e morrerão. Quem dos servos de Faraó temia a palavra do SENHOR, fez fugir os seus servos e o seu gado para as casas; e aquele que não tinha considerado a palavra do SENHOR deixou os seus servos e o seu gado no campo.

D-us de Misericórdia, assim podemos confirmar nesses versos, mesmo os Egípcios sendo inimigos do povo de D-us, Ele não deixa de agir com misericórdia, anunciando o Juízo que viria, deste modo O Senhor agiria contra aqueles que obrigavam os Hebreus a lavrarem a terra.

Ezequiel 28:25-26

25 – Assim diz o Senhor DEUS: Quando eu congregar a casa de Israel dentre os povos entre os quais estão espalhados, e eu me santificar entre eles, perante os olhos dos gentios, então habitarão na sua terra que dei a meu servo, a Jacó.

26 – E habitarão nela seguros, e edificarão casas, e plantarão vinhas, e habitarão seguros, quando eu executar juízos contra todos os que estão ao seu redor e que os desprezam; e saberão que eu sou o SENHOR seu Deus.

Fazendo uma Correlação (Midrash) – Haftará

Ezequiel 29:3-21

Fala, e dize: Assim diz o Senhor DEUS: Eis-me contra ti, ó Faraó, rei do Egito, grande dragão, que pousas no meio dos teus rios, e que dizes: O meu rio é meu, e eu o fiz para mim. E te deixarei no deserto, a ti e a todo o peixe dos teus rios; sobre a face do campo cairás; não serás recolhido nem ajuntado; aos animais da terra e às aves do céu te dei por mantimento. E saberão todos os moradores do Egito que eu sou o SENHOR, porquanto se tornaram um bordão de cana para a casa de Israel. E a terra do Egito se tornará em desolação e deserto; e saberão que eu sou o SENHOR, porquanto disse: O rio é meu, e eu o fiz. Portanto, eis que eu estou contra ti, e contra os teus rios; e tornarei a terra do Egito deserta, em completa desolação, desde a torre de Sevene até aos confins da Etiópia. Porém, assim diz o Senhor DEUS: Ao fim de quarenta anos ajuntarei os egípcios dentre os povos entre os quais foram espalhados. E removerei o cativeiro dos egípcios, e os farei voltar à terra de Patros, à terra de sua origem; e serão ali um reino humilde; Mais humilde se fará do que os outros reinos, e nunca mais se exaltará sobre as nações; porque os diminuirei, para que não dominem sobre as nações. E não será mais a confiança da casa de Israel, para lhes trazer à lembrança a sua iniquidade, quando olharem para trás deles; antes saberão que eu sou o Senhor DEUS. Filho do homem, Nabucodonosor, rei de Babilônia, fez com que o seu exército prestasse um grande serviço contra Tiro; toda a cabeça se tornou calva, e todo o ombro se pelou; e não houve paga de Tiro para ele, nem para o seu exército, pelo serviço que prestou contra ela. Como recompensa do seu trabalho, com que serviu contra ela, lhe dei a terra do Egito; porquanto trabalharam por mim, diz o Senhor DEUS. Naquele dia farei brotar o poder na casa de Israel, e abrirei a tua boca no meio deles; e saberão que eu sou o SENHOR.

Qual seria a correlação entre a haftará e parashá? Muitas! Uma delas e será a que vou destacar, está no fato de assim como na porção os povos estavam escravos, e D-us com braço poderoso iria enviar sua libertação, aqui o povo estava depositando sua confiança no Egito, pois ela representava ser uma potencia nesta Época, mas logo seriam vencidos pelos Babilônios, ou seja, é como se D-us estivesse dizendo: Israel eu já vos tirei no passado da Escravidão do Egito e querem voltar para lá? E estão depositando sua confiança neste império e estão se esquecendo de Mim? Pois bem, o Egito será dominado por Nabucodonosor, e sem saber irá me prestar um grande serviço, e como recompensa darei a terra do Egito para os Babilônios. Agora um Ponto chave, tudo Isso deveria acontecer para que Israel desse testemunho no exílio para os Babilônios do Único D-us, como acontece nos relatos de Daniel, que vemos o império babilônico começar a declinar, principalmente pela visão da estatura na qual representava os impérios e suas ramificações e por fim a pedra que esmiuçaria o restante dos Reinos, que Seria o Reino de D-us, implantado na pessoa de seu Filho Jesus Cristo que nos conecta com o Pai, por sua morte, e no concede sermos templo do D-us Vivo, unidos numa só família Judeus e Gentios para uma viva esperança neste Reino de Paz, até o Messias vir pela segunda vez e implantar visivelmente o seu Reino Milenar. (Confira em Daniel 2:31-44)

Romanos 9:14-24

Que diremos pois? que há injustiça da parte de Deus? De maneira nenhuma. Pois diz a Moisés: Compadecer-me-ei de quem me compadecer, e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia. Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus, que se compadece. Porque diz a Escritura a Faraó: Para isto mesmo te levantei; para em ti mostrar o meu poder, e para que o meu nome seja anunciado em toda a terra. Logo, pois, compadece-se de quem quer, e endurece a quem quer. Dir-me-ás então: Por que se queixa ele ainda? Porquanto, quem tem resistido à sua vontade? Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim? Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra? E que direis se Deus, querendo mostrar a sua ira, e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a perdição;  Para que também desse a conhecer as riquezas da sua glória nos vasos de misericórdia, que para glória já dantes preparou, Os quais somos nós, a quem também chamou, não só dentre os judeus, mas também dentre os gentios?  

Vemos aqui na parte final da haftará, a grande finalidade da manutenção do povo da promessa, para que através dos descendentes de Abraão, viria aquele que esmagaria a serpente e Reconectaria os Remanescentes de Israel e Alcançariam os Gentios para se tornar também o povo de D-us mediante a Fé no Filho de D-us. É interessante entendermos o contexto do livro de Romanos, pois assim como Israel na Escravidão do Egito, serviu como testemunho para vários povos, com o intuito de aproximar aqueles que não eram povo, para serem um com Israel, assim os Gentios em Cristo são aproximados da comunidade de Israel e Enxertados em todas as bênçãos e nas alianças feitas com Israel. Não sendo mais estranhos, mas concidadãos dos Santos que recebem a vida Eterna. Conforme Romanos 11, Efésios 2. Por isso valorize esse plano de salvação, tudo isso aconteceu para que nós tivéssemos a oportunidade de conhecermos ao Único e Verdadeiro criador, assim tome posse das bênçãos dessa conquista.

 Você Sabia?

Nos verso diz: Êxodo 8:25-27 Então chamou Faraó a Moisés e a Arão, e disse: Ide, e sacrificai ao vosso Deus nesta terra. E Moisés disse: Não convém que façamos assim, porque sacrificaríamos ao SENHOR nosso Deus a abominação dos egípcios; eis que se sacrificássemos a abominação dos egípcios perante os seus olhos, não nos apedrejariam eles? Deixa-nos ir caminho de três dias ao deserto, para que sacrifiquemos ao SENHOR nosso Deus, como ele nos disser.

Dizem os Teólogos que Moisés não concordou em sacrificar a D-us na terra do Egito, pois os Animais como Touros e Carneiros eram Idolatrados pelos Egípcios, e isso causaria uma revolta e talvez o matassem, mas deveriam sacrificar a caminho de três dias no deserto, sabe por quê? Porque o verdadeiro sacrifício de adoração que podemos dar a D-us é quando estamos no deserto, onde tudo parece está perdido, mas Ele está tão próximo que nós esquecemos disso, por isso não importa o deserto que você esteja passando, perto está o Senhor para poder ajudar, por isso clame, chore, apresente suas dificuldades, reconheça sua condição de pecador perdido e diga a Ele que só Ele pode lhe socorrer. Lembre-se disso!

Anúncios

Deixe uma resposta