Memorial das Festas de (Pêssach), Páscoa, Pães asmos e Primícias – por Ap. Yves Garcia

Shalom queridos,

Segue uma pequena explicação das festas da Páscoa, Pães asmos e Primícias, haja vista que estamos em um momento profético em todo o mundo.

FESTA DE PÁSCOA – Data 14 de Nisan (Mar/Abril)

“São estas as festas fixas do SENHOR, as santas convocações, que proclamareis no seu tempo determinado: no mês primeiro, aos catorze do mês, no crepúsculo da tarde, é a Páscoa do SENHOR”. (Levítico 23:4-5 ARA ).

· Significado Histórico

Uma festa memorial celebrada em casa. Cada família comia a refeição da Páscoa simbolizando os eventos da noite em que Deus enviou o anjo da morte sobre as casas dos egípcios e matou os primogênitos, ficando vivos os primogênitos dos israelitas onde o sangue nos umbrais das portas dava o livramento. Esse evento marcou a redenção de Israel da escravidão do Egito.

· Significado Profético em Jesus

A celebração da Páscoa está ligada ao cordeiro que era sacrificado, para os cristãos pré figurava Jesus que seria morto para remissão dos pecados. Em Cristo saímos da morte para vida, do deserto para a abundância, das trevas para a luz. Trocamos um cordeiro morto por um vivo e Eterno, da maldição para a graça de Cristo.

· Como o Cristão pode celebrá-la?

O Cristão tem a opção de usar um manual tradicional judaico ou o manual de páscoa judaico messiânico, pois é adaptado a fé em Jesus. Deste modo, celebrar a riqueza da obra de Cristo em nossas vidas. Neste manual podemos ver os ingredientes que simbolizam tanto os eventos do Êxodo como a nova vida que o cristão desfruta em Cristo.

FESTA DE PÃES ASMOS – Data 15-21 de Nisan (Mar/Abril)

“E aos quinze dias deste mês é a Festa dos Pães Asmos do SENHOR; sete dias comereis pães asmos. No primeiro dia, tereis santa convocação; nenhuma obra servil fareis; mas sete dias oferecereis oferta queimada ao SENHOR; ao sétimo dia, haverá santa convocação; nenhuma obra servil fareis”. (Levitico 23:6-8 ARA).

· Significado Histórico

Período de uma semana no qual o povo comia pão feito sem fermento, como uma recordação da saída apressada de seus antepassados do Egito. (Êxodo 12:34). Começa no dia 15, logo após o primeiro dia de Páscoa. Neste período o povo de Israel tomava consciência da libertação ocorrida no Êxodo. É costume tirar o fermento das casas dos judeus nesses dias.

· Significado Profético em Jesus

Em Cristo as pessoas foram apressadamente tiradas do Mundo de Pecado e foi iniciado um período de purificação em suas vidas, que está associado à mudança de atitudes e aprendizado no qual é retirado o pecado de suas vidas, tipificando um pão sem fermento, puros para servir ao Senhor. Jesus representa o sacrifício sem pecado
(sem fermento), estava no túmulo.

· Como o Cristão pode celebrá-la?

Após o primeiro dia de páscoa, o cristão tirará sete dias de jejum de alimentos fermentados, como pão, bolos, pizzas etc. E nestes dias de jejum ele fará uma reflexão de sua vida, corrigindo atitudes e pensamentos que tentem tirá-lo de uma vida de santidade. Buscando nestes dias, em Deus, fortalecimento para sua vida espiritual.

FESTA DE PRIMÍCIAS – Data 16 de Nissan (Mar/Abril)

“Disse mais o SENHOR a Moisés: Fala aos filhos de Israel e dize-lhes: Quando entrardes na terra, que vos dou, e segardes a sua messe, então, trareis um molho das primícias da vossa messe ao sacerdote; este moverá o molho perante o SENHOR, para que sejais aceitos; no dia imediato ao sábado, o sacerdote o moverá. No dia em que moverdes o molho, oferecereis um cordeiro sem defeito, de um ano, em holocausto ao SENHOR. A sua oferta de manjares serão duas dízimas de um efa de flor de farinha, amassada com azeite, para oferta queimada de aroma agradável ao SENHOR, e a sua libação será de vinho, a quarta parte de um him. Não comereis pão, nem
trigo torrado, nem espigas verdes, até ao dia em que trouxerdes a oferta ao vosso Deus; é estatuto perpétuo por vossas gerações, em todas as vossas moradas”. (Levítico 23:9-14 ARA).

· Significado Histórico

Uma semana de ação de graças comemorada na época da colheita. Durante a qual a primeira cevada madura era oferecida ao Senhor. Neste dia oferecia-se a Deus os primeiros frutos do cereal.

· Significado Profético em Jesus

O simbolismo prenuncia a ressurreição de Jesus, chamado de as primícias dos mortos e é nesta esperança que se fundamenta o Cristianismo Bíblico, sem ressurreição não há Cristianismo (I Coríntios 15:20-23). 

· Como o Cristão pode celebrá-la?

No oitavo dia deve-se agradecer a D’us pelo período de Jejum, pelo fortalecimento e bênçãos recebidas nesses dias. Trazendo uma oferta de gratidão a Deus, usando os mesmos princípios citados em Levítico 23:14.

Estudo – Festas Biblicas Estudo Liturgico

Click aqui para baixar o estudo

Deixe uma resposta